google-site-verification: googled55d6f38886f7832.html google-site-verification: googled55d6f38886f7832.html
 

IMPORTÂNCIA DA PLANTA BAIXA NO SEU PROJETO

Atualizado: 19 de nov. de 2020


Confira, agora, algumas informações sobre o que é uma planta baixa, e sua importância na realização de um bom projeto.

Índice do Artigo


• Introdução

• O que é Planta baixa?

• Importância desse desenho técnico

• Principais problemas de não possuir um bom projeto de planta baixa

• Como evitar futuros problemas?

• Como obter um excelente projeto de planta baixa?


 

Introdução


O processo de reforma ou construção de um imóvel não é uma tarefa fácil. Existem diversas exigências e etapas a serem compridas. São elaborações de projetos; contratação de mão de obra; compra de material; acompanhamento de obra e muito mais. Logo, costuma ser um fardo grande para o proprietário. Além disso tudo, existe certa burocracia que dificulta ainda mais todo esse processo. Em virtude disso, sabendo dessas e outras dificuldades, preparamos um conteúdo que pode vir facilitar um pouco sua jornada construtiva!


pLANTA BAIXA REALIZADA POR MEMBRO DA ALICERCE NO DESENVOLVIMENTO DO APRENDIZADO DO SOFTWARE REVIT
PLANTA BAIXA

O primeiro passo para você ter menos dor de cabeça ao reformar ou construir, é atentar-se na elaboração da planta baixa. Para isso, vamos lhe explicar o que é uma planta baixa, seu potencial de tanto ajudar como prejudicar seu projeto. Tentaremos, sobretudo, mostrar a importância e seu papel fundamental no Projeto Arquitetônico.


 

O que é Planta baixa?


Planta Baixa refere-se à um dos muitos desenhos técnicos do Projeto Arquitetônico. Ele baseia-se na visualização da edificação por meio de uma vista superior. Essa visualização é feita a partir de um plano de recorte horizontal imaginário localizado a 1,5m acima do piso. Dessa maneira, é como se fosse retirado tudo que está acima desse recorte. Assim, visualiza-se apenas o que ficou abaixo do plano, ficando nítido o posicionamento da alvenaria (paredes).


ESQUEMATIZAÇÃO DO CORTE FEITO NO IMÓVEL RESULTANDO NA VISUALIZAÇÃO DA PLANTA BAIXA
ESQUEMA DO CORTE

Com o posicionamento aparente da alvenaria, ficam delimitados os espaços de uso da edificação (salas, banheiros, cozinha e etc). Não somente os cômodos, mas também, localização das esquadrias (portas e janelas), corredores e peças hidrossanitárias. Assim, ficam evidenciados os principais aspectos físicos de cada andar presente na estrutura.

 

Importância desse desenho técnico


O primeiro desenho a ser desenvolvido para dar forma a uma ideia, é a planta baixa. É a partir dela que os outros desenhos podem vir a serem feitos. Ou seja, os desenhos de elevações, cortes, faixadas, cobertura e implantação, por exemplo, podem apenas ser concebidos com a previa criação da planta baixa. Consequentemente, ela é a base dos lançamentos dos futuros projetos adjacentes. A partir dai, são feitos os desenhos de instalações elétricas, hidráulicas, sanitárias, telefônicas, prevenção e combate a incêndio. Não apenas isso, mas também do sistema de proteção a descargas atmosféricas assim como o cálculo estrutural e das fundações.


Bom, aqui já conseguimos ter uma melhor ideia do quanto ela é importante no resultado final de sua obra.


Veja abaixo uma proposta de Projeto Arquitetônico feito pela Alicerce Empresa Júnior. Essa proposta baseia-se no projeto de validação de prefeitura. Esse tipo de projeto preocupa-se em atender normas vigentes tanto na NBR 6492, quanto ao código de obras da cidade. Nesse caso em particular, preocupou-se em atender às exigências do código de óbras de Ilha Solteira.

PARTE DE UM PROJETO REALIZADO PELA ALICERCE EMPRESA JÚNIOR NA CIDADE DE ILHA SOLTEIRA
PROJETO BATERA

Perceba que nele constam as plantas baixas, cortes e elevações (a planta baixa é aquela mais a esquerda). Esse projeto é um belo exemplo de que, sem esse primeiro desenho (planta baixa), os outros não poderiam terem sido concebidos.

Vale lembrar que sem um Projeto Arquitetônico aprovado pela prefeitura, o proprietário fica impedido de construir sua edificação. As construções que forem submetidas à fiscalização e estiverem em desconforme às exigências da prefeitura, ficam a sujeitas a multas. Não raro também à embargos, interdições e até mesmo a demolição completa do imóvel.

 

Principais problemas de não possuir um bom projeto de planta baixa

Bom, e quais poderiam ser os problemas ao se negligenciar a importância da planta baixa? Listamos aqui, os principais problemas encontrados pelos proprietários em seus imóveis. Ressaltamos que muitos desses problemas poderiam ser evitados dando o real valor a essa etapa do projeto.


ENGEIRNHO FRUSTRADO COM AS DIFICULDADES GERADAS A PARTIR DE UM PROJETO RUIM
PROBLEMAS NA OBRA

  • Picos de energia e sobrecorrente por desequilíbrio entre fases;

  • Lesões das tubulações;

  • Calefação do circuito elétrico;

  • Entupimento, refluxo e mau cheiro nas tubagens;

  • Presença de animais no ambiente;

  • Falta de harmonia entre os cômodos do projeto;

  • Alto custo para construir ou reedificar o imóvel;

  • Desperdício da matéria prima;

  • Grande desgaste físico e psicológico;

  • Possíveis problemas estruturais, entre outros;

  • Desvalorização da obra final.