google-site-verification: googled55d6f38886f7832.html google-site-verification: googled55d6f38886f7832.html
top of page

BAMBU: MATERIAL NATURAL PARA A CONSTRUÇÃO CIVIL





O bambu é capaz de crescer em diversos tipos de clima e pode atingir até 30 metros de altura. Além de ser uma alternativa sustentável, ele também é mais leve e apresenta características de resistência equivalentes às do concreto e tração semelhante à do aço, segundo diversos estudos.


Índice do artigo


  • Sobre o bambu

  • Vantagens na construção civil

  • Uso do bambu

  • Comparação com o aço



 

Sobre o bambu


O bambu se desenvolveu na evolução do planeta no período Cretáceo da história geológica. Sempre conhecido como a “planta dos mil usos”, pois propicia a produção de alimentos, abrigo, armas de defesa, utensílios domésticos, ferramentas para agricultura, fabricação de papel, tecidos e cordas. Além disso, trata-se de um vegetal de rápido desenvolvimento, com propriedades e potencialidade para ser utilizado na construção civil. Devido à sua elevada resistência à tração, torna-se equiparável ao aço.


Há milênios, esse material dá forma a construções tradicionais em países como o Japão e a China. Nos últimos anos, pesquisas na construção civil tem avaliado sua resistência e durabilidade como material de construção. Arquitetos tem redescoberto a utilização do bambu, usado não somente em decoração, mas em todo tipo de construção.


Bambu colocado como teto em hotéis e resorts.
BAMBU EM HOTÉIS E RESORTS

A necessidade de repensar o consumo de materiais na construção é fundamental para se obter parâmetros sustentáveis na dimensão ambiental. Este pensamento atrai expectativas para a exploração de materiais com características promissoras e compatíveis. E o caso do bambu, visto com grande potencial de funcionalidade e aplicação mercadológica.


Dentre os locais que o bambu foi utilizado, destacam-se:

  • Bali (Ásia): uma fábrica com mais de 2500 metros quadrados é considerada a maior estrutura já erguida em bambu;

  • Aeroporto de Madri (Europa): revestimento da fachada de bambu;

  • Colômbia: há registros de obras antigas, do período pré-colonização, e contemporâneas como a Catedral Alterna Nuestra Señora de La Pobreza, de Simón Vélez;

  • Província de Hunan (China): uma ponte de aproximadamente 3,4 metros de largura foi construída inteiramente com bambu;

  • Costa Rica: casas populares são construídas com bambu.


Teto de aeroporto revestido de bambu.
AEROPORTO DE MADRID

 

Vantagens na construção civil


O bambu é um material que pode ser usado como uma matéria-prima de baixo custo e impacto na construção civil. O uso do bambu pode gerar uma economia de até 30% no valor total da construção. Ele pode durar até 25 anos mais do que as estruturas feitas com outros materiais. Em áreas onde possam ocorrer terremotos, esse material também é muito utilizado. Por ser um material leve e maleável, ele consegue “dançar” durante os terremotos.


Apesar de parecer frágil, o bambu é um material bastante rígido, mais até do que a madeira. Isso faz com que a construção com bambu fique resistente e ao mesmo tempo maleável, já que ele não é quebradiço.


Ponte feita de bambu.
PONTE DE BAMBU

Em primeiro lugar, apesar de ser um material extraído da natureza, essa extração não é danosa. O bambu apresenta crescimento 25% mais rápido do que o de todos os tipos de madeira. Logo, levando apenas três anos para crescer o suficiente para ser usado na construção civil.


O corte do bambu na construção civil não extermina a planta e uma parte dela continua viva e crescendo. Ademais, estruturas feitas de bambu reduzem a temperatura interna do ambiente, diminuindo o uso de ventiladores e de energia elétrica.


Em um clima quente, como o do Brasil, é uma ótima ideia usar o bambu para construir casas para férias, por exemplo. Podem ser feitos espaços bem abertos, com enormes janelas para que o vento circule e também haja maior aproveitamento da luz natural. A arquitetura desse tipo de construção acaba por se adaptar a florestas, por exemplo.


Além disso, existem diferentes tipos de conexões entre peças de bambu. Algumas são simples, feitas diretamente entre as peças, outras utilizam pinos e parafusos fabricados do próprio bambu, de madeira ou aço. Há, ainda, sistemas avançados de conexão projetados para tipos de ligações específicas e estruturas que demandam esses sistemas conectivos.


 

Uso do bambu


Esse vegetal, da família da Gramínea, é conhecido pelo homem desde os tempos mais remotos. Erguer estruturas em bambu é uma arte bastante dominada pelos povos orientais. Embora haja uma considerável concentração nativa também nas Américas, com extensas reservas da planta inclusive no Brasil, o material é visto com preconceito pelos projetistas, que o encaram como sendo de baixa qualidade. Por isso, nos dias de hoje, o bambu é pouco utilizado em obras de arquitetura. Na verdade, o que falta mesmo são normas que o regularize adequadamente para o mercado da construção civil.


Bambu utilizado em um hotel.
UTILIZAÇÃO DO BAMBU

Por ser uma planta flexível e durável, a variedade de usos do bambu impressiona. O bambu pode ser utilizado em áreas externas para sombreamento, quebra vento, proteção contra a erosão e drenagem. Em áreas internas, este material é usado na decoração, seja como revestimento de paredes ou artesanatos.


O bambu também pode servir como estruturas para pilares, vigas e telhados. Entretanto, para isso, é preciso que antes passe por um tratamento específico que o esterilize contra pragas, confira durabilidade e fácil manutenção. Graças a tratamentos químicos, o amido é retirado do bambu, inibindo pragas que poderiam comprometer as hastes. Em áreas externas, se recomenda aplicar verniz naval para proteção das intempéries diversas, como calor, frio e chuva.


Apesar de todas as qualidades características, o bambu também apresenta pontos fracos. E o desconhecimento disso, por parte do projetista, pode resultar no colapso da estrutura. Primeiro, deve-se ter cautela na escolha do sistema construtivo, pois ele precisa ser compatível com o material e o projeto. Esforços excessivos, atuantes de forma inadequada, podem provocar o cisalhamento das peças solicitadas. Por isso, é recomendável que a edificação não passe de dois pavimentos, a não ser que o bambu seja combinado com aço e concreto.


Por fim, é preciso avaliar as condições de variações climáticas que possam degradar mais rapidamente a estrutura. Mudanças de dimensões e surgimento de rachaduras podem ser evitadas realizando, adequadamente, a colheita e a secagem do material. Varas secas terão mais resistência e serão menos suscetíveis ao ataque de pragas, como carunchos. O processo mais comum para tratamento do bambu é a imersão em água.


 

Comparação com o aço


O aço é um dos materiais mais empregados na construção civil e é utilizado de diferentes formas e solicitações de carga. “O bambu possui características muito parecidas com o aço. Sua resistência às forças de compressão e tração é muito alta, podendo ser usado – se devidamente calculado – simultaneamente. Quando comparados os valores médios de resistência à tração do material sobre o peso próprio, percebemos que o bambu é capaz de suportar o equivalente e, em alguns casos, até uma carga maior que o aço”, explica o engenheiro civil Vitor Hugo Silva Marçal, secretário Executivo da Associação Brasileira de Produtores de Bambu (ABPB).


Substituição do aço pelo bambu.
PODE HAVER A SUBSTITUIÇÃO DO AÇO PELO BAMBU?

Um dos fatores que atribuem ao bambu o slogan de aço verde é a facilidade de obtenção do material. Este possui resistências físico-mecânicas mínimas normalizadas para a construção civil, em apenas poucos metros quadrados de plantio. Outra vantagem é a taxa de rebrota anual, que viabiliza a colheita periódica sem prejudicar a plantação. Ao contrário, quanto mais ele é cortado, mais tende a propagar-se.


 

Essas são algumas informações essenciais sobre a utilização do bambu na construção civil, trazendo assim o uso de materiais naturais. Relembrando que cada construção possui suas características específicas, vale analisar cada uma e ver a possibilidade do emprego do bambu.


Gostou desse assunto e quer saber mais? Então confira as principais novidades da Engenharia Civil e Mercado Imobiliário no nosso blog. Além de conferir mais artigos relacionados a esse assunto, como IDEIAS E ALTERNATIVAS PARA VOCÊ INOVAR SUA CONSTRUÇÃO.

85 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page