QUAL A IMPORTÂNCIA DE UM BOM PROJETO ARQUITETÔNICO?

November 7, 2019

Quais são os benefícios de um bom projeto arquitetônico? Veja a diferença de um projeto arquitetônico bem estruturado e entenda como isso vai fazer você economizar.

 

Você pretende construir ou reformar sua residência? Dispensar o projeto arquitetônico com a intensão de economizar pode trazer o efeito contrário e resultar em muita dor de cabeça. Além de gastar mais dinheiro, você provavelmente perderá mais tempo no processo como um todo. Neste post, você entenderá o que é, como funciona e as etapas de um bom projeto arquitetônico e, com isso, a diferença que ele trará para o seu bolso.

O que é um projeto arquitetônico?

 

A maneira mais simples de definir é como um conjunto de desenhos e informações que servirão de base e guia para os profissionais que realizarão todas as atividades no processo de construção, ou seja, o ponto de partida da obra. É essencial para o um desenvolvimento bem planejado e para a visualização de como ficará após construído, podendo ser representado em planta baixa ou em visualização 3D.

 

O projeto deve ser elaborado de maneira que consiga prever alguns problemas que poderão ocorrer no decorrer da obra, evitando imprevistos, e visando atender as necessidades e desejos de cada cliente. As principais etapas de um projeto arquitetônico são:

 

  • Definições das necessidades do projeto

 

Nessa etapa o cliente descreve os objetivos do projeto e seus desejos, detalhando o melhor que puder. Assim a equipe responsável analisa a viabilidade financeira do projeto de acordo com a o que foi proposto gastar, realizando ajustes e sugestões caso haja necessidade.

 

  • Levantamento

 

Esta etapa é direcionada a visitar o local da obra. São realizados os estudos topográficos, planialtimétricos e outros estudos que forem necessários. Analisa-se também as questões legais como escritura do terreno, planta original, Plano Diretor do Município, entre outros.

 

  • Estudo preliminar

 

Agora a primeira proposta já é apresentada ao cliente, tendo acesso a plantas baixas, perspectivas em 3D e Layouts de seu projeto. Esse primeiro esboço, tanto da parte interna quanto externa é feito baseado nos estudos de iluminação, ventilação e isolação natural, sistemas construtivos possíveis e a viabilidade de cada um. Tudo isso o mais próximo aos pedidos do cliente. Correções e ajustes são realizados pelo cliente ainda nessa etapa, até que se chegue a um consenso.

 

  • Anteprojeto

 

Nessa etapa desenvolve-se o projeto de maneira mais detalhada, que servirá de base para os outros projetos complementares como estrutural, hidrossanitário e elétrico. Também é definido o custo geral da obra.

 

  • Projeto Legal

 

Essa é a etapa em que ocorre a formatação de todo o projeto de maneira que ele atenda as normas e critérios do município vigente, para que a prefeitura local possa aprovar o projeto.

 

  • Projeto Executivo

 

Por fim, essa etapa é destinada a concepção de plantas e pranchas detalhadas, com todo o memorial descritivo e as especificações de matérias e acabamentos, para que os técnicos de execução e mestres de obras as usem como guias. Por tanto, essas plantas ficam no canteiro de obra até concluída a construção.

Quais são os principais problemas de não ter um bom projeto arquitetônico?

 

Hoje em dia, construções bem planejadas e funcionais são essenciais, independente de qual o tamanho da obra. Cômodos bem dimensionados, aproveitamento da iluminação e ventilação natural, espaços funcionais e boa aparência são requisitos básicos para um projeto satisfatório.

 

Quando o projeto é mal realizado ou deixado de lado, o planejamento da obra fica confuso, gastando-se mais tempo e dinheiro para solucionar os problemas que aparecem. Podemos conferir abaixo alguns deles.

 

Consequências indesejadas de um projeto mal idealizado:

 

  • Encanamento mal planejado;

  • Número de tomadas insuficientes;

  • Mal aproveitamento da luz solar;

  • Muito gasto com iluminação artificial a longo prazo;

  • Pouca ventilação;

  • Desperdício de matéria-prima;

  • Móveis que não cabem nos cômodos;

  • Portas que não abrem completamente devido ao mau posicionamento dos móveis;

  • Desvalorização da paisagem;

  • Custos com terraplanagem por não se observar os aclives ou declives do terreno;

  • Mal utilização da área construída;

  • Desproporcionalidade entre os cômodos e excesso de corredores;

  • Falta de privacidade.​

Quais são os benefícios de um bom projeto arquitetônico?

 

Dentre os vários benefícios de um projeto arquitetônico, os principais deles são:

 

  • Segurança

 

Como o projeto foi realizado por uma equipe capacitada, sempre haverá alguém que se responsabilizará e prontificará para explicar cada etapa, problema ou mudança que venha ocorrer no decorrer da obra.

 

  • Conforto

 

O projeto arquitetônico preza como algumas de suas principais prioridades a acessibilidade, usabilidade e funcionalidade dentro da casa, ou seja, gerar conforto. Cômodos descomplicados e bem integrados de acordo com as necessidades e desejos apresentados pelo cliente.

 

  • Estética

 

A beleza de um imóvel tem em si um valor subjetivo, já que trás mais conforto e satisfação aos que o utilizam ou habitam, mas também acarreta um valor físico, já que estética é levada em consideração quando se avalia o preço de um imóvel. Existem várias técnicas e matérias conhecidos para criar um ambiente com valor estético e isso é levado em conta quando uma equipe realiza o projeto arquitetônico.

 

  • Custo

 

Uma equipe capacitada para realizar um projeto arquitetônico conhece os meios e estratégias para diminuir os custos sem diminuir a qualidade de uma obra. Um projeto bem organizado diminui os erros, desperdícios e gastos a mais na execução. Diminui também, indiretamente, o tempo de realização da obra, o que reflete em menos gastos no decorrer do processo e possibilita a utilização do imóvel antes do esperado antes do projeto.

 

Share on Facebook
Please reload

Posts Em Destaque