CONSTRUÇÃO CONVENCIONAL E ALVENARIA ESTRUTURAL: QUAL A MELHOR ESCOLHA PARA SUA OBRA?

October 15, 2019

Saiba a diferença entre construção convencional e alvenaria estrutural, suas principais vantagens e desvantagens e, como escolher o método construtivo ideal para sua obra!

 

Diante da natural evolução do sistema construtivo, é normal ficar confuso sobre qual método utilizar para construir sua residência ou seu comércio. Todos eles apresentam vantagens e desvantagens consideráveis na hora da escolha, mas saber qual o mais indicado para seu caso pode te fazer economizar dinheiro. Sendo assim, aprenda a analisar e fazer a melhor escolha para o seu caso!

O que é alvenaria de vedação?

 

Alvenaria de vedação nada mais é do que o método construtivo convencional, sendo o sistema mais utilizado pelos brasileiros na construção de casas e prédios. O objetivo dessa alvenaria é vedar e separar ambientes ao utilizar materiais como blocos cerâmicos, ou blocos de concreto, sobrepostos com o uso de argamassa.

A construção convencional pode ser dividida em interna e externa. A alvenaria interna serve para separar os ambientes enquanto que a alvenaria externa deve ser resistente à umidade, às variações térmicas e ao vento.

A estrutura de uma casa ou prédio construído em Alvenaria de Vedação é composta por pilares, vigas e lajes, que transmitem os esforços suportados aos elementos de fundação.

Vantagens e desvantagens da construção convencional

 

Como o próprio nome indica, este tipo de construção é o mais encontrado e utilizado no Brasil, ou seja, é fácil encontrar o material e a mão de obra necessários. Além disso, há uma maior aceitação pelo cliente desse sistema construtivo, devido a cultura brasileira.  

A existência de vigas e pilares é responsável por permitir a maior flexibilidade e versatilidade da alvenaria de vedação. Caso o cliente queira, é fácil acrescentar e retirar paredes de sua residência em uma possível reforma.

Em relação ao custo, os materiais utilizados nesse método costumam ser mais baratos no mercado, porém o alto desperdício dos mesmos e o conjunto deles fazem com que o custo total saia mais caro que a alvenaria estrutural. O tempo de execução da obra também é maior, apesar de seu material ser mais durável.

O desperdício citado é causado, na maioria das vezes, pela necessidade de introduzir as tubulações na parede finalizada. Ele também gera uma desvantagem ambiental, o que faz com que as construções sustentáveis não optem pelo sistema convencional.

O que é alvenaria estrutural?

 

Alvenaria estrutural é um método construtivo em que as paredes da edificação fazem a função estrutural e de vedação. Neste caso, não é necessário utilizar vigas e pilares para suportar as cargas do edifício, ou seja, o método tradicional de concretagem é substituído.

Este sistema de construção se caracteriza pelo emprego de blocos pré-moldados de concreto ou cerâmicos autoportantes. Os blocos são os responsáveis por transmitir os esforços do edifício para a fundação, por separar os ambientes e, garantir o conforto necessário aos usuários do local por meio de isolação acústica e térmica.

Vantagens e desvantagens da alvenaria estrutural

 

A alvenaria estrutural exige maior planejamento e profissionais mais experientes e qualificados, uma vez que um erro estrutural pode causar sérios acidentes. Dessa forma, é imprescindível garantir a estabilidade e que cada bloco esteja no local correto. Esse fator faz com que a mão de obra e os materiais necessários sejam mais difíceis de encontrar que os da alvenaria convencional.

Por outro lado, esse método construtivo racionaliza o número de materiais necessários e permitem um canteiro de obras mais limpo e organizado. Nesse caso, as tubulações são instaladas dentro do encaixe dos blocos, simultaneamente com a colocação dos mesmos. Isso reduz os resíduos gerados e o tempo gasto no levantamento da edificação.

Esse método diminui os custos totais com materiais dentro da obra, sendo mais econômico. Porém, uma de suas limitações está relacionada a estética. Como os elementos utilizados são estruturais, as fachadas ficam comprometidas e a distância entre vãos livres deve ser menor.

Além disso, qualquer possível mudança deve ser prevista ainda na fase de projeto, o que dificulta a realização de reformas futuras na residência ou comércio.

Como escolher entre alvenaria de vedação e alvenaria estrutural?

 

Diante de tantas vantagens e desvantagens em ambos os métodos de construção fica difícil saber qual o mais indicado para sua obra. Por isso nós da Alicerce Empresa Júnior iremos te ajudar e facilitar um pouco seu trabalho.

Infelizmente, o atual mercado do setor de construção brasileiro ainda se prende muito ao sistema convencional de alvenaria. Dessa forma, não é em toda cidade que se encontram materiais de qualidade e profissionais qualificados para executar uma edificação em alvenaria estrutural. Trazer materiais e mão de obra externos podem acabar pesando mais no bolso, o que faz muitas pessoas optarem pelo tradicional tijolo com argamassa.

No entanto, a alvenaria estrutural vem evoluindo muito e ganhando espaço no mercado brasileiro. Se você é adepto das construções mais sustentáveis e rápidas, esse modelo com certeza é mais interessante para você.

Além disso, os grandes centros urbanos possuem a infraestrutura necessária para essa construção. Caso more em um desses locais pode economizar ao escolher a alvenaria estrutural, mas lembre-se dos seus limites arquitetônicos e planeje antes as possíveis mudanças.

Se você se interessou pelo assunto, quer saber mais sobre essas diferenças e deseja dar início ao seu projeto dos sonhos, nossos profissionais estão à sua espera! Peça um orçamento e saiba que nós estamos prontos para indicar as melhores escolhas!

 

Share on Facebook
Please reload

Posts Em Destaque