google-site-verification: googled55d6f38886f7832.html google-site-verification: googled55d6f38886f7832.html
 

ALVENARIA ESTRUTURAL: UMA ALTERNATIVA ECONÔMICA PARA SUA CONSTRUÇÃO



Quase sempre não estamos por dentro dos diversos métodos de construção existentes, mas uma simples pesquisa sobre as opções presentes no mercado irá fazer a diferença no seu bolso.


Índice do artigo:


  • Introdução

  • Construção convencional

  • Alvenaria estrutural

  • Características do material

  • Onde utilizar

  • Conclusão


 

Introdução


Prédio em alvenaria estrutural, construção, guindaste, tijolos, materiais.
Introdução

Nem sempre estamos por dentro dos diversos métodos de construção existentes, mas uma simples pesquisa sobre as opções presentes no mercado pode fazer a diferença no seu bolso.

Um método de construção que tem avançado bastante no Brasil nos últimos anos, e que pode atender imóveis variados, é a alvenaria estrutural. Quer conhecer melhor sobre seus diferenciais e benefícios? Acompanhe!



 

Construção Convencional

É o método de construção mais popular no Brasil, cuja principal função é a de separar ambientes. O diferencial desse modelo é a flexibilidade na elaboração de projetos arquitetonicamente diferenciados, pois ele utiliza vigas e pilares moldados por formas de madeira não padronizadas, garantindo uma liberdade estética.

No entanto, esse tipo de construção gera uma quantidade grande de entulho devido à quebra de blocos para a instalação da tubulação, o que ocasiona em maiores gastos e desperdício de até 30% do material.


 

Alvenaria Estrutural

Esse método exige planejamento e profissionais qualificados, pois um projeto estrutural é indispensável para garantir a estabilidade da construção. Se devidamente planejada, a alvenaria estrutural é capaz de suportar todas as cargas: a de seu peso próprio, lajes e coberturas.

A principal diferença da alvenaria estrutural é que a instalação da rede elétrica e hidráulica se dá conforme as paredes são erguidas. As limitações do método se aplicam a prédios com muitas fachadas em vidro, portas e janelas, vãos grandes e balanços, que exigem reforços na estrutura, o que pode aumentar o custo da obra.

Por tratar-se de um modelo que pede detalhamento, qualquer mudança deve ser prevista ainda na fase de projeto e bem coordenada na execução.


 

Características do material

Um bloco de alvenaria estrutural, diferente de um bloco de concreto simples, é utilizado tanto para vedação do imóvel como para suportar a estrutura. Atendendo às exigências da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas – e garantindo a qualidade e segurança da construção, os blocos estruturais devem ser vazados para possibilitar a passagem das instalações e apresentam os seguintes detalhes:


  • Capacidade de isolamento acústico e térmico;

  • Maior resistência às alterações climáticas e ao fogo;

  • Resistência à compressão;

  • Menor absorção de água;

  • Precisão geométrica.

Tipos de blocos, descrição do material, explicação, cerâmicas
Características do material

Há vários modelos de bloco de concreto no mercado, mas cada um possui uma função específica. Portanto, é necessário conversar com seu fornecedor para adquirir o bloco ideal de acordo com o objetivo de sua obra.


 

Onde utilizar

Devido às suas particularidades, esse modelo é vantajoso em algumas situações, dependendo das características do local e das necessidades do proprietário. Então, quando vale a pena utilizá-lo?

Residenciais: imóveis populares padronizados (quando a intenção é utilizar o mesmo projeto para construir casas iguais no mesmo espaço), sobrados e prédios com até 20 pavimentos.

Comerciais: imóveis de pequeno e médio porte.

Preferencialmente a construção em alvenaria estrutural deve ser feita em terrenos planos para evitar o desaprumo das paredes. Construções cuja intenção é deixar os blocos aparentes também serve para esse modelo, já que não há pilares que possam prejudicar a boa estética da obra.

 

Conclusão

A necessidade de ter um acompanhamento do profissional e de exigir que qualquer mudança futura seja prevista no projeto inicial (para evitar o comprometimento da estrutura em possíveis reformas) pode ser uma desvantagem da alvenaria estrutural. No entanto, fazendo-se um comparativo entre a construção convencional e estrutural, observamos os diversos pontos positivos desse método: